Tag/Desafio | Animais de estimação

Eis um Desafio que vi no blog da S.M  Ser Mulher e em honra dos meus filhinhos de estimação, vou dar a minha participação nesta tag especial :)

Também assim aproveito para vos apresentar o Nemo e o  Castiel, pois além de publicar opiniões sobre produtos para eles, em que são eles a darem-me a sua opinião, também vão ter uma rubrica só deles aqui no blog!

Fiz umas alterações nas perguntas do desafio, para ficar ao meu gosto.

Quais os nomes dos teus animais de estimação?
Nemo e Castiel.

Qual a espécie e raça deles?
São ambos gatos, Europeus Comuns, também conhecidos como "rafeiros".

Qual a data de nascimento deles?
O Nemo nasceu em Fevereiro de 2014 e o Castiel em Agosto de 2014.

Como é que eles se juntaram à família?

Nemo
O Nemo estava num veterinário/loja de animais, para adopção. Eu nunca tinha tido um gato antes dele, entrei na loja, (nem tinha motivos para entrar, simplesmente entrei, pois nem gosto daquela loja, prefiro uma que está logo ao lado), no entanto naquele dia, naquela hora lá entrei, comecei a olhar par os artigos para animais de estimação, a ver as modernices que agora há para cães e gatos e o Nemo, tão pequenino, estava numa jaula, e num determinado momento, por algum motivo ele captou-me a atenção.

Houve imediatamente "algo" entre nós dois. E eu nem gostava de gatos (!), antes de o ter a ele, que foi o meu primeiro gato. Eu era a típica pessoa de cães, de facto, eu estava a dar festinhas aos cães que lá estavam para adopção quando olhei para a jaula onde o Nemo estava. 

Quando me aproximei da jaula onde ele estava, junto com outro gatinho, aproximei o meu dedo das grades e o Nemo agarrou-me imediatamente o meu dedo indicador, com a sua patinha pequenina toda, como se fosse uma mão fechada de um bebé e olhou-me profundamente olhos nos olhos... Até me arrancou o fôlego aquele momento...
Depois disso sai da loja e continuei a passear pelo shopping, mas aquele gato não me saia da cabeça. Com o outro gato que estava ao lado dele na jaula não tive qualquer ligação, nem o outro me ligou nenhuma, mas com aquele gatinho muito pequenino, mais ou menos cinco semanas, preto e branco, aqueles olhos, aquela ligação... Nem acabei o que tinha ido fazer ao shopping, tive de o ir buscar imediatamente. Senti uma vontade avassaladora de que o tinha de resgatar, de que tinha de vir comigo e que tinha de cuidar dele... E aqui estamos nós a contar a história :)

Castiel
Passado uns meses de adoptar o Nemo, os meus pais vieram visitar-me, com yorkies Furrby e Laddy, que quando eu vivia com os meus pais eram os  meus cãezinhos. E ainda são, são parte da família, mas são dos meus pais. A princípio o Nemo não achou piada nenhuma, mas depois adaptou-se a eles e quando se foram embora, ele ficou bastante deprimido.

Na minha página/projecto Crónicas Solidárias, partilho constantemente apelos solidários e de animais para adoptar. Um apelo de uma gatinha que tinha sido apanhada no meio do mato e a sua foto/apelo, estavam constantemente a aparecer-me no meu perfil. Tanto que os primeiros a partilharem o apelo para arranjar família para aquela "gatinha" foi o veterinário onde o Nemo vai e infelizmente passámos lá tanto tempo, fomos lá tantas vezes porque quando adoptei o Nemo ele vinha cheio de problemas, que até já nos conhecem e tratam pelos nossos nomes (!!)... 

Quando vi a foto/apelo algo chamou-me, mais uma vez, de uma forma que não consigo explicar profundamente a atenção naquela "gatinha", mas eu tinha muito receio de adoptar mais um, pois eu tinha muito medo de que me calhasse um daqueles gatos ranhosos e que se desse mal com o Nemo, e também pensei, sim, que queria o Nemo só para mim, queria-o tal e qual ele era e tinha medo de que com outro ele deixasse de ser como era, um fora de série...

No entanto, depois de ver o Nemo tão deprimido, principalmente nos dias em que eu passava mais tempo fora de casa e o apelo dessa gata estava constantemente a aparecer-me no feed de noticias do meu facebook (nunca mais ninguém o adoptava!), pensei que não era uma mera coincidência  o apelo estava sempre a aparecer, por isso contactei a senhora que estava a fazer de família de acolhimento temporário (FAT) e adoptei-a.

Comprei algumas coisas cor de rosa para ela, chamei-lhe "Cleo" de Cleópatra, devido ao traçado tipo khol que tem por cima dos olhos. Dois dias depois fomos ao Hospital Veterinário do Nemo, e o mesmo que andava a partilhar o apelo para adopção da dita "gata", que já estava eu meio habituada à ideia de ter uma gatinha, afinal era um gato... No entanto não tínhamos bem a certeza, pois as "partes" estavam pouco perceptíveis, mas a veterinária garantiu-me com quase a certeza ser um gato, dai a umas semanas íamos ter a certeza. Por isso lhe quis meter o nome de um anjo, pois supostamente os anjos são assexuados. Não sou religiosa, por isso meter um nome da teologia cristã não me parecia bem. Então que nome de anjo meter, que desse para gato ou gata? O anjo de que mais gosto e nada tem a ver com a teologia cristã. Castiel! Abreviado chamo-lhe Casti, e tanto dá para ele como para ela =P

E digo-vos que me custou uns dias até me mentalizar que era um gato e não gata, pois o Castiel além de ter uma beleza algo "feminina", até a miar parece uma gata! Durante uns dias fez-me muita confusão, mas agora estou mais do que habituada. E mais!!
No dia da Castração do Castiel, ele tinha um par de cojones tal, que além de não deixar minimamente qualquer espaço para dúvidas de que era um gato, e é um grande gato, e tanto que na castração ao remover os tintins até teve de levar uns pontos extra, tal o tamanho eram os ditos cujos!!

E foi das melhores coisas que fiz na vida adoptar o Castiel! Adoro profundamente o meu Nemo, adoro profundamente o meu Castiel, cada um tem a sua personalidade, o Nemo continua mais ou menos como sempre, só não me dá tanto mimo como de costume porque o Castiel dá-me mimo por 20 gatos, os dois dão-se bem, completam-se e considero-os meus filhos.

Há quanto tempo é que os tem?
O Nemo desde Abril de 2014 e o Castiel desde Novembro de 2014.

O que é que eles fazem que seja muito engraçado/fofo?
Tanta coisa... Mas vou tentar resumir e depois nas futuras rubricas deles vou contando aos poucos:

Nemo
Adora vir para debaixo do cobertor ou do edredon mas só se eu estiver lá, e enrosca-se às minhas pernas. Gosta de me ver a tomar banho, a olhar fixamente para mim, e se eu fechar as cortinas ele dá a volta e senta-se na beira da banheira para ficar a olhar.... e nunca me deixa estar na casa de banho, seja qual o motivo for que eu esteja lá, sem estar em cima do autoclismo, sempre a ver o que eu estou a fazer...
Quando eu digo "bicho! bicho! bicho! bicho!" ele deixa tudo o que estiver a fazer e vem a correr ver o que se passa. E quando eu digo isso é porque realmente há algum bicho, especialmente melgas ou aranhiços, que eu detesto, e ele não descansa enquanto não as apanha!

Se eu pegar nele e o carregar ao colo como um bebé e começar a cantar, ele faz uns sons nas pausas  da minha canção, como se tivesse a acompanhar a música.

Oh tanta coisa que este maluco faz =P

Castiel
O Castiel é o gato mais cão que eu já conheci! Faz-me lembrar imenso o meu yorkie Furbby. É super mimoso, adora companhia, está quase sempre ao pé de mim, e uma coisa que ele faz e eu adoro é que mia fazendo um som que parece o som de um bebé, tipo "muaaaaa" e depois salta-me para os braços e aninha-se junto ao meu pescoço, fazendo roomroom, e lambe-me o nariz e fica ali no meu colo esteja eu a fazer o que estiver a fazer (cozinhar, aspirar, no wc, é só apetecer-lhe).

O Castiel também tem o hábito, tal e qual os cães, de brincar ao "busca!". Vem com papelinhos ou palitos ou seja o que for, para eu atirar e obriga-me mesmo a atirar o que me trás, especialmente bolinhas de papel que são as preferidas dele, para que vá buscar. Trás-me de volta e entrega-me na mão e depois, se eu demorar a atirar novamente, começa a miar (como um bebé) e não pára até eu atirar novamente para ele ir a correr, apanhar, trazer-me e entregar-me na mão, e consegue estar nisto horas! Até já responde ao comando "busca!"

Nem os meus yorkies brincam desta maneira ao "busca". Há dias em que até tenho de atirar com os dois braços pois fico cheia de dores de atirar o papelinho dele vezes sem conta para ele ir buscar. E acho incrível como é que ele não se cansa...

Isto é resumido do que eles fazem que me lembro, eu adoro tudo neles, nunca tinha tido gatos meus antes deles, mas via-os e conhecia quem tivesse, e nunca vi gatos assim como estes. A minha amiga Isabelle que tem uma loja de estética animais e lida com todo o tipo de animais domésticos todos os dias também diz o mesmo. E os meus pais que vieram recentemente visitar-me, desta vez já eu tendo o Nemo e o Castiel juntos, chegou a haver situações em que ficaram em "choque" com coisas que estes os dois fazem, e dizem: "Isto não é normal"... =P

Como é a tua relação com os teus animais de estimação?
Nemo
O Nemo é mais mandão e independente do que o Castiel. Era mais mimoso antes da chegada do Castiel, mas isso também pode estar relacionado da mudança de gatinho para "adolescente" que aconteceu mais ou menos ao mesmo tempo da chegada do Casti cá a casa. No entanto o Nemo obedece mais às minhas ordens mais básicas do que o Castiel, como é o caso do "senta", "chão!", "anda", "vamos",... mas o Nemo é um teimoso de primeira. Eu dizia que nunca iria conhecer ninguém mais teimoso que eu, até ter adoptado o Nemo.

O Nemo às vezes é MESMO do tipo, tal como no filme onde fui buscar o nome dele "À procura do Nemo", em que dizem esta frase: "Não é que eu não goste de ti, só não quero estar contigo"
O Nemo está quase todo o dia na vida dele (menos se eu for à casa de banho seja porque motivo for, aí ele vem logo ter comigo), no entanto à noite dorme sempre ao pé de mim. Quando o Castiel chegou, ele teve meses sem dormir ao pé de mim, dormia na sala, porque o Castiel não me deixava um segundo, sempre muito medroso e inseguro (tadinho do meu bebé), mas agora de noite estamos sempre os três juntos.

Portanto a minha relação com o Nemo é de mãe e filho independentes, com uma dose limitada de mimo por dia.

Castiel
A minha relação com o Castiel é dose ilimitada de mimo por dia (!), é super dependente, não gosta de estar sozinho, ou está comigo ou está com o Nemo.
Está constantemente a pedir atenção, mimos e brincadeira. Por isso ele é o meu bebé.

Conta uma situação engraçada que tenha acontecido entre vocês?
Esta é daquelas situações em que já aconteceu tanta coisa, que uma pessoa tenta lembrar-se de um único exemplo e não se lembra nem de um único especifico. Os meus gatos já me arrancaram tantas gargalhadas que agora para dar um exemplo não me ocorre nem um único em especifico...

As últimas situações foi até com o meu pai. Uma foi poucos minutos depois de eu ter avisado que quando fica escuro, e sendo o Nemo um gato preto que gosta de estar quieto e fixo a olhar para nós no escuro, que já me tinha pregado muitos cagaços. Ao que o meu pai comentou algo tipo que era só o que faltava agora deixar que o gato o assustasse... Ao que pouco depois de dizer isso levantou-se para ir à casa de banho, e o Nemo gosta de estar em cima da estante no corredor, temos de passar por ela para ir ao wc. Claro que se ouviu cenas tipo "raio do gato, assustou-me!"

Outra foi eu ter avisado os meus pais de que o Castiel tem a mania de nos saltar para o colo, meter as patas à volta dos nossos ombros e ficar ali, tipo bebé. Não arranha nem nada, ele simplesmente pendura-se como um macaquinho. A primeira vez que o Casti saltou para a minha mãe, ela assustou-se e assustou o gato. Das vezes seguintes já correu bem, porque o Casti avisa sempre antes de saltar, com um "miinhááá". Ao meu pai tentou saltar uma vez, e dessa vez estava eu lá e vi e avisei-o "ele via saltar-te para o colo". O Castiel saltou, o meu pai desviou-se para o lado. Não teve piada nenhuma para mim, que o Castiel caiu sobre as patas, mas ficou chocado e ofendido, mas o meu pai riu-se à gargalhada.

Outra foi o meu pai abrir o frigorífico, e o Nemo saltar lá para dentro, ao que o assustou e ainda o confundiu tipo, porque raio de motivo havia o gato de saltar dentro do frigorífico, loool
Essa esqueci-me de os avisar, que o Nemo gosta de ficar dentro do frigorífico, a tentar apanhar as gotinhas que caem lá atrás. Só consegue fazê-lo quando deixo a porta aberta mais tempo que o costume, quando estou a tirar várias coisas lá de dentro, a limpar o frigorífico ou a cozinhar várias coisas ao mesmo tempo, e desde que ele começou a fazer isso que eu antes de fechar o frigorífico olho já instintivamente lá para dentro, a ver se ele não se meteu lá dentro sem ninguém reparar.

Outra coisa que eu os avisei é que eles, especialmente o Castiel têm a mania de abrir a porta do roupeiro, entrar e fecharem-se lá dentro. No outro dia foi o meu pai, já de noite ao roupeiro buscar o pijama, estava tudo fechado, ele abre e vê o Nemo deitado lá dentro, ao que ouvimos o meu pai chocado a dizer: "O raio do gato está fechado dentro do armário, a porta está fechada, como raio entrou ele lá para dentro? SABEM QUE ESTÁ UM GATO DENTRO DO ARMÁRIO??".

Eu já tentei várias vezes filmar a cena em que eles abrem a porta de correr, entram e fecham-na, mas nunca consegui. Ou acontece muito rápido, que nem me dá tempo de ligar a câmara, ou não tenho nada para filmar ao pé. Quem sabe um dia, já consegui filmar outras cenas malucas deles...

Alguns apelidos/nomes que lhes chamas?
O Nemo é o Satanás, devido à forma que de vez em quando revira o pescoço, parece uma cena do exorcista, e aos sons muito manhosos que faz quando faz isso de girar a cabeça e o pescoço, entre as diabruras que ele faz e os saltos sobrenaturais que manda, como por exemplo conseguir saltar do chão para cima da porta entre outras coisas, desde gatinho que ficou com essa alcunha e serve-lhe como uma luva.


O Castiel é o Diabo, o monstrinho, o regila, pelas diabruras que faz e Cati Cati ou Casti quando é mais mariquinhas e mimado.
Quando se juntam os dois para fazer asneiras parece uma cena saída do filme Gremlin (!!), ficam tal e como quando os Gremlins caem para a água e saem de lá aqueles monstros incontroláveis... Iguaizinhos!!!

Desafio-vos a todos a responderem a este desafio :)

3 comentários:

✎ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ❤

❥ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑